19 janeiro, 2006

Bom dia, são meia noite e vinte cinco.

Grande responsabilidade, o primeiro post de um blog... Pensei longamente no que deveria trazer aqui para debater comigo. Sem desprezo para quem me leia, escrevo em primeiro lugar para pôr as minhas ideias em ordem. Aqui não tenho a tentação do desenho que vem agarrado a uma folha de papel, ou a desbragada liberdade (ou deveria chamar-lhe caos?) que me enche a cabeça sempre que pode.
O pensamento é muito irrequieto. Cada ideia traz todas agarradas. Aqui, assim, na escrita, sai tudo ordenadinho. Cada palavra tira senha e espera germanicamente a sua vez.

Posso desde já dizer que isto começa mal. A ideia de fazer este blog, ou blogue - um dia decido - era, e será, fazer um relato das coisas que vou aprendendo pelos dias fora. Ou de que me vou dando conta. E até agora, nada de novo.

Bem... Aprendi a fazer um blog ou blogue.

Nomes que considerei, como "escola da vida" (juro que considerei, João Vasco), ou "viver e aprender", ou "sempre a aprender", já estavam tomados. Por isso tive que arranjar a minha própria palavra. Talvez pela educação que tive, fico sempre mais contente quando não devo nada a ninguém. Com este feitio não vou longe.

7 comentários:

Anónimo disse...

Hellloooo:

"Mulheres mais infiéis no período fértil??"
Ai ai ai....Onde é que existem mulheres infiéis?? Por cada mulher infiel existem 99homens...INFIÉIS!! (é da herança muçulmana, concerteza)

João Villalobos disse...

Finalmente! Vou wentão linkar ao nosso. Agora vou almoçar mas depois leio com mais calma...

L. Rodrigues disse...

Não tenhas pressa de linkar. Por um lado ainda não tenho a certeza de como reciprocar, por outro, preferia ver isto ganhar alguma solidez antes de o tornar demasiado publico e notório...

L. Rodrigues disse...

E quanto à senhora anónima que eu sei muito bem que é, eu não disse que não havia homens infieis. E isso foi no post de cima, não neste :P.

João Villalobos disse...

Tarde piaste!

maria disse...

Vais longe, sim... se quiseres! E não estou apenas a referir-me a este blog!!!

redonda disse...

Gostei do primeiro post.